Av. Espírito Santo, 195 - Jd. Primavera • Caraguatatuba / SP || (12) 3882.1072 • 3883.9817

Implante dentário ajuda a recuperar o sorriso e a autoestima

Conheças as principais caracterizas do tratamento e tire suas dúvidas:

O que são implantes dentários?

Implantes dentários são suportes ou estruturas de metal (normalmente de titânio) posicionadas cirurgicamente no osso maxilar abaixo da gengiva para substituir as raízes dentárias. Uma vez colocados, permitem ao dentista montar dentes substitutos sobre eles, devolvendo assim a estética e a função mastigatória, contribuindo para a saúde bucal e geral.

implante dentário em Caraguá

Como funcionam os implantes dentários?

Por serem integrados ao osso, os implantes oferecem um suporte estável para os dentes artificiais. Próteses parciais e totais montadas sobre implantes não escorregam nem mudam de posição na boca, sendo este um grande benefício durante a alimentação e fala. Esta modalidade de prótese é chamada “prótese sobre implante” e confere ao paciente mais segurança em todas as funções bucais proporcionando uma situação mais natural do que pontes ou dentaduras convencionais.

O implante e a prótese são colocados no mesmo dia?

Não, nem todas as pessoas podem colocar implantes e dentes no mesmo dia. Somente pacientes que têm quantidade e qualidade suficiente de osso podem fazer tudo no mesmo dia. A dica é: não tenha pressa. Nos implante convencionais as pessoas esperam em torno de 2 a 3 meses na região inferior e de 4 a 6 meses na região superior. Lembre-se do velho ditado, a pressa é inimiga da perfeição.

Colocar implante dói?

Durante a intervenção o paciente não sente nenhuma dor. Graça ao poder da anestesia, é possível passar por procedimentos cirúrgicos odontológicos de forma tranquila e despreocupada. Nos dias seguintes à cirurgia pode ocorrer algum desconforto que normalmente é controlado com uso de analgésicos ou anti-inflamatórios.

Como o paciente sabe se pode submeter-se ao implante?

Na primeira consulta, no exame clínico já inicia o processo de avaliação se é possível realizar o tratamento com implantes. Nessa consulta é feito o pedido de exames laboratoriais e para alguns casos é solicitada uma avaliação médica, e por fim, os exames radiográficos como radiografia panorâmica e tomografia.

Pacientes que não têm osso podem receber implantes?

Se não existe osso para instalação do implante, uma cirurgia de enxerto ósseo pode ser recomendada previamente na área em que o implante é indicado. É importante que o intervalo entre a colocação de enxerto e o implante seja respeitado. “Cada material de enxertia tem um tempo ideal de incorporação pelo corpo para em seguida receber o implante”. São várias as técnicas de enxerto ósseo, e depende de cada região. Em casos extremos de deficiência óssea onde nem o enxerto resolveria, pode-se recorrer ao implante zigomático.

Os implantes podem rejeitar?

Mito. Não existe rejeição de implante pelo organismo. “O corpo humano rejeita células estranhas, como em um transplante. O implante dental é um corpo inerte que o organismo aceita”. Podem ocorrer problemas na cirurgia, no pós-operatório, pela qualidade do osso, mas não por rejeição.

Qual a taxa de sucesso dos implantes dentários?

Em pacientes normais, o índice de sucesso é de 98%. Não se desespere se acontecer com você, o que acontece com apenas 2% dos casos, a cirurgia pode ser refeita. Em fumantes, a taxa de insucesso é de 15% a 30%.

Quais as indicações para o implante?

O implante dentário é indicado para substituir a perda de um dente isolado até uma perda total dos dentes. Quando a perda é parcial, ou seja, 2 ou 4 elementos na mesma região, pode se realizar uma ponte fixa em cima dos implantes. Normalmente são colocados dentes de porcelana, podendo ser metal free (livre de metal), em casos de alta exigência estética. Para os casos de perda total de dentes, há pelo menos 2 tipos de próteses. Confira:

  • Prótese Protocolo: prótese total implantosuportada e implantoretida, fixada sobre 4 a 8 implantes em média, este tipo de prótese é parafusada e retirada apenas pelo seu dentista. É uma prótese que confere boa estética. Ótima opção para quem pretende fugir da dentadura. O único inconveniente é que este tipo de prótese é mais difícil de ser higienizada, pois todos os dentes são conectados entre si, exigindo bastante cuidado do paciente. Pode ser feita em resina ou porcelana.
  • Prótese Overdenture: prótese total removível sobre implante. Este tipo de prótese é mais barata que a prótese protocolo porque exige menos implantes (2 a 6 em média), sendo confeccionada em resina. É como uma dentadura, porém, tem um encaixe em uma barra que conecta os implantes à prótese, conferindo a esta mais estabilidade e retenção. Esta prótese pode ser retirada pelo paciente e, por isto, a sua higienização é facilitada.Dr. Samir Khaled Issa – Cirurgião Dentista – CRO 67.911